Beneficiar da dedução máxima nos Impostos

[singlepic id=104 w=320 h=240 float=]

Se pretende amortizar o seu empréstimo, saiba a fórmula para continuar a beneficiar da dedução máxima no IRS

Pode deduzir à colecta 30% dos juros e amortizações dos empréstimos contraídos na compra de uma casa para habitação própria e permanente, até 574 euros (na declaração entregue em 2008).

Para beneficiar da dedução máxima, tem de pagar, pelo menos, 1913,33 euros em prestações durante 2007. No cálculo para os próximos anos, considere a actualização da dedução.

Os pagamentos através do saldo da conta poupança-habitação não contam. Além disso, esta não é cumulativa com despesas relativas a energias renováveis.

Se pretende amortizar o seu empréstimo e preenche os requisitos para beneficiar da dedução máxima, mantenha uma prestação a rondar 159,45 euros (1913,33 ÷ 12 meses). Para saber até quanto poderá amortizar, aplique a fórmula: capital em dívida × [1 – (159,45 ÷ prestação actual)].

  • Capital: 150 000 euros (inicial); 93 332,28 euros (em dívida).
  • Taxa de juro anual nominal, variável indexada (TAN): 5%, considerando que a taxa se mantém inalterada.
  • Prazo e prestação: 20 anos (inicial) e 10 anos (em falta); 989,93 euros.
  • Amortize até: 93 332,28 x [1 – (159,45 ÷ 989,93)] = 78 299,07.

Mais ideias para o seu negócio:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *