Dicas de liderança

[singlepic id=64 w=320 h=240 float=]

Todos queremos ter o nosso próprio negócio.
É uma aspiração legitima e que deve ser incentivada por todos.
Temos no entanto de estar cientes que nem todos nascemos para ter um negócio próprio e que nem todos temos as qualidades de um líder.
Mas mesmo não nascendo com essas qualidades, podemos adquiri-las através de estudo e formação.

Neste post damos algumas dicas de pontos que achamos fundamentais para quem se quer tornar num líder.

A função do líder
Gosto de pensar que o líder é um profissional que tem a função de inspirar as pessoas que estão à sua volta, com o propósito de que elas utilizem o seu próprio talento em prol dos objectivos e sucesso de sua organização.

Para isso, é importante descobrir o melhor de cada um de seus colaboradores e mostrar a eles um motivo, isto é, um significado para que eles se comprometam com as metas da organização.

Felizmente, não é preciso ser o chefe para ser um líder. Como você pode ver, em nenhum momento criei uma relação entre essas duas palavras.

Incentive as pessoas a brilharem
Como líder, aprenda a distribuir o conhecimento. Não o guarde somente para você. Estimule e inspire novos profissionais e profissionais novos. Eles precisam de seu apoio.

Acredite nas pessoas
Liderar é estar a todo o momento lidando com pessoas. E para que dessa relação resultem excelentes resultados, é preciso que todos tenham confiança em sua equipe. Quando você confere às pessoas a certeza de que elas são capazes de desempenhar a função por você esperada, você é capaz de aprender a trabalhar em grupo e entender que cada pessoa tem um papel importante dentro dessa equipe.

Comunique-se com clareza
Não adianta fundamentar que as pessoas precisam inovar se você não as estimula para isso. Mesmo que a mensagem por todos os corredores da empresa seja a de que a empresa precisa inovar, com ameaças veladas do tipo “caso isso não aconteça, ela perderá mercado e pessoas serão demitidas”. Cuidado, as pessoas passarão a ter medo de perder seus empregos e assim não conseguirão criar nada. Preocupe-se mais em passar uma imagem clara do que precisa ser melhorado e trate de estimulá-los para isso, agindo de forma a incentivar a liberdade com responsabilidade.

O envolvimento
Voltamos novamente a falar de contratação. Perceba que esse momento em que selecionamos novas pessoas para compor a nossa equipe é uma das tarefas mais importantes do nosso quotidiano. Temos a oportunidade de separar o joio do trigo, preocupando-se sempre em notar quanta disposição a pessoa tem naquilo que faz.

Mais ideias para o seu negócio:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *