Principios básicos do Kaisen

[singlepic id=112 w=320 h=240 float=]

“Quando a cabeça não pensa, o corpo padece”

O conceito de Kaizen, idealizado por Masaaki Imai, diz respeito a atitudes de “bom senso” que exigem baixos investimentos. Em seu primeiro livro, editado em 1988 e publicado pelo IMAM, Imai comenta os conceitos de kaizen e os insere no contexto da Qualidade Total.

Já, em seu segundo livro, “Gemba Kaizen – Estratégias e técnicas do Kaisen no piso de fábrica”, de 1996, e também publicado pelo IMAM, Imai traz 22 casos de aplicação prática do Kaisen onde podemos notar a importância deste conceito para a Logística.

Kaisen é uma palavra japonesa, onde “Kai”significa Mudar e “Zen” significa Para Melhor. Porém, a tradução que expressa melhor o significado da filosofia é “Melhoria Contínua“.
Em muitas organizações já se notam grandes esforços, acções e programas de Melhoria Contínua.

Algumas empresas interpretam o Kaisen como “gambiarras”.
Mas, qual é a ligação do Kaisen com a “gambiarra”?

Não se pode negar que a “gambiarra” é uma melhoria:
– Promove um certo benefício para os utilizadores;
– É rapidamente implementada;
– Exige baixo investimento;
– Não exige nova tecnologia;
– É praticada, na maioria das vezes, pelos próprios utilizadores;
– Normalmente usa-se do “bom senso”.

O grande problema é que todos sabem que essas “gambiarras”, de provisórias passam a ser definitivas. Portanto, embora seja uma melhoria, NÃO É CONTÍNUA.
Kaisen poderia ser entendido como uma “gambiarra” seguida de sucessivos aperfeiçoamentos, tornando-a cada vez melhor.

Mais ideias para o seu negócio:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *