Saiba como preencher o IRS

[singlepic id=139 w=320 h=240 float=]

Já começou o período de entrega das declarações do IRS.

Conheça as despesas que poderá deduzir e o que deve fazer para receber um reembolso maior.

Além do pagamento do próprio imposto, preencher a declaração de IRS costuma ser uma das tarefas menos apetecíveis para os portugueses.

Nesta altura do ano, começa a rotina para os contribuintes: reunir recibos, munir-se de calculadora, lápis e papel e alguma paciência, procurar os cartões de contribuinte e as declarações de rendimentos e de retenções na fonte da entidade empregadora e dos bancos e preencher a declaração de IRS são as ‘tarefas básicas’.

E para os trabalhadores por conta de outrem e pensionistas que ainda entregam a Modelo 3 do IRS (e respectivos anexos) em papel já começou o período de entrega da declaração de rendimentos e têm até 15 de Março para o fazer.

O melhor é não deixar tudo para o fim, como é hábito, e evitar as longas filas nos serviços de Finanças.

Pode também optar por entregar a declaração pela Internet mas neste caso os prazos começam apenas a 10 de Março.

Outra dica importante: informe-se de forma a perceber de que deduções e incentivos fiscais é que pode beneficiar.
Tudo ajuda na hora de poupar na factura do Fisco. Não esqueça que os impressos têm instruções e que pode recorrer à ajuda dos próprios serviços de Finanças, caso persistam as dúvidas.

Em relação ao ano passado, as alterações não são muitas. Mas há uma de peso que tem a ver com a dedução das despesas com a casa.
Até aqui era possível deduzir 30% das despesas com a casa até um limite máximo de 586 euros, montante igual para todos os escalões de rendimentos. Mas em Dezembro de 2008, foram introduzidas alterações. Os tectos das despesas são agora diferentes conforme os rendimentos. Isto é, quem tem rendimentos mais baixos poderá deduzir um montante superior de despesas com juros e amortizações da compra de casa. A medida foi anunciada pelo primeiro-ministro, José Sócrates, como de apoio às famílias como ajuda para combater a crise.
Assim quem tem rendimentos anuais de cerca de sete mil euros (segundo escalão), poderá deduzir até 879 euros. Já quem ganhou até cerca de 17.400 euros, a dedução poderá atingir os 703 euros e os contribuintes com rendimentos até 40 mil euros (quarto escalão) podem deduzir 645 euros.
Para quem tem rendimentos acima deste valor a dedução mantém-se nos 586 euros, não havendo lugar a qualquer majoração.
Se a casa tiver uma classificação energética de A ou A+, aqueles limites serão acrescidos em 10%.

fonte

Mais ideias para o seu negócio:

One thought on “Saiba como preencher o IRS

  1. Pingback: 10 conselhos para poupar no IRS | negócio ganhar dinheiro

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *